fbpx
Como organizar suas finanças em 5 passos

Organizando suas finanças em 5 passos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on pinterest

Todo mundo sonha em chegar ao final do mês e ter aquele dinheiro que conseguiu guardar, seja para comprar uma casa, um carro, um sapato, jantar em um restaurante legal ou mesmo aquela viagem que sempre fica para depois. Ou às vezes, o que se quer na verdade, é apenas fechar o mês sem dívidas. Esse sonho não é impossível e iremos listar aqui formas de alcançá-lo. 

O grande problema na hora de organizar as finanças está na falta de assiduidade, ou seja, regularidade e constância. A maior parte das pessoas que tentam se organizar acabam desistindo quando se deparam com a obrigatoriedade de sempre estar anotando algo. 

Disciplina aqui é um ponto importante e essencial para a organização. Nada existe sem que tenha que dedicar um mínimo esforço para que aconteça. Mas também não é nada que vai tomar o seu tempo de uma forma exaustiva. 


Anotar seus gastos, mesmos os mínimos, como um café ou aquela ida diária à padaria é crucial no primeiro mês em que se define a vontade de se organizar financeiramente. A previsão dos gastos em cada setor/bloco é muito importante para se visualizar ao final do mês onde estão os excessos e encarar os próximos meses com uma maior previsibilidade.

Três melhores aplicativos para organização das finanças pessoais

Atualmente já podemos contar com a ajuda de muitos aplicativos gratuitos e eficientes que ajudam muito com a parte das anotações e resultados finais. 

Encontramos ótimas opções para te ajudar a começar. Apresentarei 3 opções brevemente.

  • O aplicativo da Mobills é super intuitivo e bem completo, fácil de manusear e disponível na própria web, ou plataformas como App Store e Google Play.
  • O GuiaBolso é renomado quando se trata de aplicativos para organização financeira. Neste aplicativo você pode reunir seus cartões e contas, e ele faz uma análise de perfil com inteligência artificial dando conselhos super válidos. Existem outros propósitos igualmente interessantes como contratar empréstimos e financiamentos. Disponível nas plataformas App Store e Google Play.
  • O aplicativo Organizze também é uma ótima opção no quesito praticidade, cumprindo o mesmo papel que as listadas anteriormente, como centralização das informações referentes à contas e cartões e lançamento de gastos. Disponível nas plataformas App Store e Google Play.

Sobre o tema, sugiro a leitura de um best seller de Napoleon Hill – “Quem pensa enriquece˜, no qual o autor estudou o hábito de muitas pessoas que acumularam riquezas pessoais e criou uma lista de princípios que devem ser seguidos para os que também almejam.

Como organizar sua vida financeira em 5 passos

Com a ferramenta certa, que não precisa ser necessariamente um aplicativo, podendo ser um caderno de anotações para os que são old school ou até mesmo uma planilha do excel para os que dominam a expertise que é preciso para manipular esse programa editor, vamos finalmente para os passos que irão contribuir com sua organização.

1. Inicie com o lançamento de gastos mínimos por um mês

Como sugerido nos tópicos acima, você precisa ter a dimensão do que recebe e com o que se gasta mensalmente, para daí poder organizar de onde sairá a economia, se for esse o propósito, ou ter maior previsibilidade nas áreas de gastos.

Esse ponto é de máxima importância para o sucesso final de sua organização. Anotar todos os gastos lhe dará a dimensão real dos setores que existem na aplicação de seu dinheiro. Adotar essa rotina por um mês, religiosamente, fazendo anotação até daquele picolé de centavos ou inserir esse gasto em divisão de blocos como alimentação, mercado, restaurante, lazer etc., vivendo a vida normalmente para que se tenha uma noção real de suas finanças.

Após o período de um mês você saberá a média de gastos para cada bloco e daí pode começar a fazer ajustes. 

É uma ótima prática essa rotina de lançamentos. Entendo que fazer isso para sempre pode parecer um pouco exaustivo, mas no final das contas pode ser muito conveniente, como por exemplo na hora da declaração na Receita Federal. 

2. Analisar os blocos de gastos 

Nessa etapa você deverá, após o mês de anotações rigorosas em lançamento de gastos, avaliar se está empregando corretamente o seu dinheiro. Às vezes a pessoa não tem ideia mas acaba gastando grande parte do seu salário em compras por impulso ou pedindo delivery de comida muitas vezes durante a semana ou até extrapolando no pedido de aplicativos de transporte como uber. Olhando para este cenário completo, pode-se entrar no próximo passo. 

3. Crie orçamentos para os blocos

Existem blocos sem grande ou qualquer flexibilidade que tem custos fixos, como aluguel, contas da casa, mensalidades etc., mas alguns blocos podem passar por uma revisão, ditando um orçamento que não precisa necessariamente ser rígido, mas funcionará aqui mas como uma previsão ou uma meta a ser alcançada.

Com isso em mente, você irá determinar um limite para cada bloco e tentar ao máximo cumprir.

4. Defina metas

Com a organização em dia, ou pelo menos com foco na tentativa, agora você pode colocar no papel tudo o que deseja no âmbito pessoal quando alcançar a tão sonhada liberdade financeira. 

É hora de planejar viagens e idealizar projetos. Cumprindo todos os requisitos e se organizando corretamente, pode incluir novos blocos com esses novos objetivos e isso vai impulsionar sua determinação em continuar.

5. Reserva de emergência

Esse passo está no final mas é com certeza o mais importante para uma organização financeira de sucesso. Os imprevistos, acontecem com uma maior regularidade do que desejamos, uma vez que enquanto houver vida sempre existirão gastos excepcionais. Essa reserva lhe garantirá o pagamento das contas em situações, como por exemplo, a perda de emprego, portanto o ideal é que tenha o suficiente para manter a si mesmo ou sua família por pelo menos alguns meses ou um ano, até que a situação se re regularize.

Agora que você chegou até aqui, já tem tudo para começar sua jornada de organização. Lembre-se: a rotina e criação de novos hábitos serão aqui seus novos aliados nesse processo. Espero que tenha sucesso e tire bons frutos!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *