9 otimos motivos para morar em Portugal

9 ótimos motivos para morar em Portugal

Uma pesquisa da HSBC Expat Explorer revelou que Portugal ocupa a 12ª posição a nível mundial como o melhor destino para expatriados. Se você se interessou pelo título desse artigo, provavelmente a ideia de sair do Brasil já passou pela sua cabeça e acredito que você já tenha visto alguns bons motivos para morar em Portugal. 

Hoje eu moro em Lisboa e vou listar alguns motivos que me fizeram gostar daqui, mas acredite, nem tudo são flores – mas isso fica pra outro artigo.

1. Qualidade de vida

Ainda de acordo com o HSBC Expat Insider realizada em 2020, Portugal está em terceiro lugar na lista das melhores cidades para expatriados perdendo apenas para Espanha.

A qualidade de vida, neste caso, é medida pela segurança e proteção, felicidade pessoal, transporte e viagens. Os expatriados que vivem em Portugal atribuem nota máxima pela facilidade de instalação – terceiro no respectivo índice – e qualidade de vida local – quarta posição no índice. 

Segurança

Esse item poderia ser colocado como um motivo, mas vou apenas fazer um parêntese aqui como um subtópico da qualidade de vida e fazer uma pequena comparação com minha experiência no Brasil.

De fato, eu não tenho muitos parâmetros para falar sobre a segurança no Brasil, até porque é um país imenso e cada estado e cidade tem sua singularidade. Morei 4 anos em São Paulo e, contra todas as estatísticas, nunca tive problemas lá, me sentia seguro em várias regiões a ponto de andar a noite segurando o celular na mão. Por outro lado, morei quase a minha vida inteira em Salvador, onde infelizmente não tinha um lugar o qual me sentisse totalmente seguro.

Quando encontro um carioca recém chegado aqui, a sensação que tenho é que eles estão no paraíso e de fato eles, assim como muito outros, consideram a segurança um dos ótimos motivos para morar em Portugal. 

Falando novamente sobre Portugal, a segurança aqui é unanimidade em praticamente todos os concelhos e distritos. Tanto é que de acordo com o Índice Global da Paz, Portugal encontra- se em terceiro lugar, perdendo apenas para Islândia e Nova Zelândia. O Brasil, infelizmente, ocupa a 126a posição nesse ranking. 

Transporte

Malha ferroviaria em Portugal

O transporte aqui é dividido em ônibus ( autocarro, como eles chamam), trem ( comboio ), metrô (metro) e balsas. Você consegue se deslocar entre as principais regiões de forma rápida através do transporte público, bem, ao menos durante a semana sim, aos finais de semana o intervalo de espera é maior, mas a questão do transporte em Portugal está mais relacionado às conexões. Você consegue transitar no país inteiro através de trem, assim como ir para outros países pela ferrovia com valores totalmente acessíveis

Essa imagem é o mapa ferroviário de Portugal, que como mencionei, permite acesso de canto a canto do país e possui ligações para outros países na Europa. 

De fato, um dos grandes motivos para morar em portugal é a facilidade de viajar dentro e fora do pais pela Europa.

Idioma

Para os brasileiros, Portugal é uma ótima escolha pois possui o português como idioma, mas acredite, eu ainda tenho dificuldades em entender algumas coisas. Porém sem sombras de dúvida a semelhança no idioma é uma grande ajuda e tem um peso enorme. A adaptação aqui será muito mais fácil por conta disso.

A maioria dos portugueses vai te entender, até porque eles consomem muito conteúdo brasileiro, principalmente novelas e música, então eles estão acostumados a ouvir o brasileiro, além de que há muito brasileiro aqui.

2. Praias

Se você gosta de praia, vai ficar surpreso com a quantidade de praias que tem por aqui. Toda a costa Portuguesa é banhada pelo oceano atlântico, logo há uma imensa variedade de praias para todos os gostos.

Um dos motivos para morar em portugal são suas praias na zona de Algarve
Praia de Dona Ana em Algarve

Eu confesso que não sabia que as praias daqui eram tão lindas com o mar calmo e azul, mas nem tudo são flores, na maioria do ano a água estará fria, não será tão simples entrar no mar, principalmente para os nordestinos, como eu, que estamos acostumados com água “morna”.

Como falei logo acima, a costa inteira é banhada pelo oceano atlântico, logo temos aproximadamente 850 quilômetros de costa com praias fantásticas.

Praias calmas, praias turísticas, praias paradisíacas, ilhas incríveis, praias para tomar uma com os amigos, e para os surfistas, praias com as maiores ondas do mundo.

Ondas gigantes em Nazaré

Na minha opinião esse é um grande motivo para morar em Portugal, bem, se não for para morar, com certeza ao menos é um grande motivo para conhecer Portugal.

No verão as praias do Algarve, região que fica no sul de Portugal ficam lotadas de turistas do mundo inteiro. E isso leva para o próximo motivo para morar em Portugal.

Leia também: Como encontrar passagens aéreas baratas em 2021

3. Clima

Aqui vale a pena outra comparação com o Brasil, onde cada região tem seu próprio clima. Eu diria que Portugal consegue agradar a gregos e troianos, ao menos por um período no ano, pois aqui temos as 4 estações bem definidas. 

Se você é amante do verão, você terá mais de 3000 horas de sol a seu favor. E o mais legal é que nessa estação os dias são mais longos, ou seja, aquele costume de ir a praia cedo aproveitar o sol não precisa ser levado tão a sério, uma vez que o sol se põe às 9 horas da noite.

Se você prefere frio, o inverno aqui também é marcante. Em Lisboa, a temperatura no inverno fica entre 5 e 17 graus, mas para os que gostam de neve, não se preocupe pois também tem, inclusive você pode esquiar em Portugal na região da Serra da Estrela.

Serra da arrábida – Inverno com neve

Eu diria que comparado a outros países europeus, o inverno aqui é bem ameno. Eu particularmente não gosto muito do inverno, mas pra minha felicidade os períodos “extremamente” frios aqui duram apenas dois meses, Dezembro e Janeiro.

A primavera e outono é de fato um período transitório. Eu gosto dessa época do ano pois você terá dias quentes, o qual ainda poderá aproveitar as praias, e noites agradáveis.

4. Custo de vida

O custo de vida em Portugal é um dos mais baixos da Europa. Esse é um motivo que eu insisto em contar pros meus amigos que pensam em morar aqui. Para você ter noção, pagando um aluguel de 700€ um casal onde cada um ganhe 900€ vive muito bem aqui.

Esse item não era tão claro quando eu ainda estava aqui a turismo uma vez que temos a mania de converter o Euro pro Real e aí meus amigos, realmente as coisas ficam caras. Quem converte não se diverte. 

Confesso que comparando com outros países da Europa, a proporção salário/gastos não é tão boa aqui, uma vez que o salário mínimo ronda os €635,00 e no geral os salários em Portugal são baixos, mas ainda assim, o custo de vida aqui também é muito baixo.

O poder de compra na Europa é muito alto, não tanto como nos EUA, mas aqui por outro lado você conta com serviços públicos gratuitos ou por um valor acessível, principalmente se for relacionado a saúde.

Saúde

A saúde pública em Portugal não é gratuita, mas os gastos com saúde em Portugal são baixos.

Um atendimento de emergência em hospital público fica em torno de 18€ mais algumas taxas dos exames feitos, que também são baixos.

Se você quiser atendimento em hospital particular, os valores sobem para 60€ a 100€ dependendo do hospital para uma consulta, mas você pode aderir a um plano de saúde.

Aqui os planos de saúde são “coparticipativos”, ou seja, eles cobrem uma parte dos gastos, onde por exemplo, uma consulta no hospital particular que seria 100€, com o uso do plano sairia por uns 15€.

Um plano de saúde (seguro de saúde aqui) custa em média 15€ a 30€ por mês por pessoa.

Preço de Mercado

Eu estive recentemente no Brasil e já não lembrava de como as coisas são caras. Uma ida ao mercado para um simples churrasco para 4 pessoas, por exemplo, não sai por menos de R$400,00. Claro que pode sair mais barato/caro dependendo da região e dos itens que você compre.

Aqui o preço é praticamente igual em todos os mercados, em Lisboa as coisas são um pouco mais caras, mas para exemplo de comparação, para um casal, as despesas com mercado ficam, em média, por volta de 250€ a 350€ por mês.

Transporte Público

Como dito acima, o transporte aqui cobre praticamente o país inteiro. Aqui em Lisboa, você tem um bilhete que permite transitar entre algumas cidades e na própria cidade por trem, ônibus, balsas, metrô que custa 40€ mensais. Se quiser andar apenas em Lisboa, há a opção do bilhete de 30€.

Se você não gosta de transporte público, a aquisição de um carro aqui pode ser uma opção. Os gastos com um automóvel no geral são baixos.

5. Proximidade Cultural

De fato existe um intercâmbio cultural muito grande entre Brasil e Portugal, eu fiquei surpreso ao chegar aqui e ver a quantidade de cultura brasileira consumida pelos portugueses. As novelas estão meio defasadas, sim! Mas as músicas chegam no mesmo instante. 

O bacalhau que comemos na semana santa no Brasil é um prato tradicional aqui que possui outras centenas de variações. 

No colégio fiquei sabendo que eles lêem Machado de Assis. Além disso, várias reformas gramaticais que já ocorreram no Brasil, estão ocorrendo aqui também.

Se você for numa balada, provavelmente vai ouvir Funk brasileiro, ou caso prefira, você pode ir para centenas de restaurantes brasileiros com música ao vivo que tocam sertanejo, forró, pagode, samba.

Aqui em Lisboa também há a embaixada do Flamengo que normalmente fica concentrada na região das docas onde há transmissão de todos os jogos do mengão.

Além da proximidade cultural com o Brasil, Portugal também tem muita cultura de outros países europeus e ingleses. 

6. A comida é ótima

Os pratos portugueses são muito bons, eu sou suspeito pra falar isso pois gastronomia não é minha especialidade. O que posso dizer é que há muito tempero e variedade. 

Apesar de não conhecer muito nesse assunto, eu diria que a culinária daqui é um dos motivos que você deveria considerar para morar em Portugal.

Deixo esse artigo da momondo sobre 20 pratos da culinária portuguesa para quem quiser ler um pouco mais.

7. Vida profissional

Como falei, a imigração e influência de outros países aqui é forte, isso faz com que você conviva entre várias culturas e pessoas de vários lugares. É comum você ver pessoas no metrô falando alemão, inglês, italiano, espanhol, entre outras línguas, o que acaba sendo um incentivo para você aprender um novo idioma.

Por outro lado, Portugal ainda é muito atrasado tecnologicamente e geograficamente. Há muita área ainda abandonada e muito espaço para crescer. O governo português criou também alguns incentivos fiscais para empresas e investidores estrangeiros.

Isso fez com que muitas empresas de fora, inclusive do Brasil, abrissem suas filiais e postos de trabalho aqui.

8. Educação

Portugal reúne em seu território 5 universidades que estão entre as 500 melhores do mundo. A Universidade Nova de Lisboa é uma das 50 melhores universidades com menos de 50 anos. A universidade de Coimbra e do Porto estão entre as mais antigas e tradicionais do mundo.

Além disso, devido a proximidade cultural que já mencionei aqui, não há necessidade de prova de proficiência de língua para os brasileiros.

9. Burocracia facilitada

Não há burocracia em Portugal? A resposta é não! Assim como no Brasil, a burocracia reina em Portugal, mas a vantagem é que se você quer morar aqui, seja por visto de estudante ou trabalho, a burocracia em si não é das piores.

O processo em si é relativamente simples, e devido a acordos existentes com o Brasil, algumas coisas são facilitadas, por exemplo, não é necessário a prova de proficiência da língua. 

Para estudantes, a obtenção de um visto de estudante é ainda mais simples e o processo pode ser iniciado ainda no Brasil.

Além disso, existe uma série de acordos bilaterais que facilitam a vida do brasileiro que mora em Portugal, por exemplo: 

  • A possibilidade de trocar a carteira de motorista sem fazer novo exame;
  • A aposentadoria de brasileiros em Portugal;
  • Legalização de alguns documentos;
  • Acordo Luso-Brasileiro para reconhecimento e revalidação de diplomas acadêmicos;
  • Estatuto de igualdade entre Portugal e Brasil

Eu tenho que admitir que apesar de ter passado raiva em alguns momentos para obter alguns documentos, o processo de imigração em si não é traumático. 

Dica extra:

Se você não quer nenhuma burocracia, eu recomendo que você procure alguma pessoa para tirar todas as suas dúvidas com relação ao processo de imigração em Portugal clicando aqui.

Conclusão

Espero que esses motivos tenham sido suficientes para você considerar Portugal como seu próximo endereço fiscal.

Se você está considerando mudar de país, eu considero buscar ajuda de um profissional que trabalhe com imigração. Além de facilitar as coisas para você, tornará o processo muito mais rápido e seguro.

2 comentários em “9 ótimos motivos para morar em Portugal”

  1. Pingback: O que preciso saber para fazer um mestrado na Inglaterra - Pé de Meia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *